Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

uma homenagem e um desabafo

Hoje apetece-me escrever sobre amamentação. Tenho duas pessoas próximas que foram mães há pouco tempo. Uma pela primeira vez no fim de Janeiro e outra agora em Maio pela segunda vez. E dei por mim no carro de volta para casa a pensar nelas e em nós mães nesta fase. Nesta fase inicial em que a amamentação é muito dolorosa. E aqui falo mesmo da dor física. Daquilo que se sente. Daquilo que nós mães sofremos de dor para poder alimentar os nossos filhos quando nascem. Chega a ser animalesco. De um dia para o outro parece que nos tornamos irracionais e fazemos o que tem de ser feito. Sem questionar. Rendidas. Entregues. Cansadas e sem força. Mas brutalmente decididas. Cada mamada arde como se nos colocassem álcool na ferida. Cada mama ganha o peso de uma pedra. Mas seguimos com o corpo todo contraído e com a expressão de quem sofre sem o bebé sentir. Porque o que importa é ver a nossa cria crescer. Depois a dor deixa de ser tão física, isto dependo dos casos, é claro, e é muito psicológic…

Mensagens mais recentes

A alice está a crescer

Conversas supérfluas (com o espelho)

A (im)perfeição

o tempo do Natal

a caminho do natal

Tenho uma família especial.

Sevilha

férias a três (inclui cansaço na bagagem)

a dor do amor

a vida do faz de conta